4 de mar de 2012

Dia de Repúdio ao Artigo 192 da CMPG - Resultados

Início do evento
Até o sol revolveu aparecer
O evento em favor de alteração no Artigo 192 do regimento interno da Câmara Municipal de Ponta Grossa ocorreu como planejado, porém iniciamos mais tarde, às 14:00 horas. Antes desse horário havia pouquíssimas pessoas no PA, como é normal aos domingos.

No início recebemos a visita do Prof. Marcelo Engel do Departamento de Comunicação da UEPG. Marcelo fez uma entrevista com integrantes do Movimento que será usada para divulgar nossas atividades na TV Comunitária de Ponta Grossa.

Jader de Mello
Prof de Geografia, estava no
PA e conversou conosco
O movimento aumentava no parque e, em dado momento, formou-se uma pequena fila de jovens moradores de Uvaranas para assinar o abaixo-assinado por uma ciclovia naquele bairro. Esses jovens ficaram muito felizes ao colocar seus nomes no documento e expressar para a administração e políticos da cidade sobre a necessidade de mais segurança para os ciclistas. Enquanto muitos participavam do abaixo-assinado a Fátima fez uma explicação das razões do Ato de Repúdio e comentou sobre a importância da participação da população em eventos como esse. A Fátima também falou da importância de educação para trânsito para os muitos jovens que serão, no futuro, motoristas de automóveis, ônibus, caminhões, etc.

Quase no final do evento, Mauro Ricetti Paes, ciclista pontagrossense membro da Liga de Ciclismo dos Campos Gerais, retornava de um pedal com colegas e parou para conversar conosco. Mauro, além de graduado em Educação Física, atleta e treinador em ciclosmo, tem experiência em ativismo na área de mobilidade urbana e nos contou um pouco sobre situações curiosas e interessantes onde pudemos aprender um pouco mais sobre ações anteriores na cidade.

Quando terminamos, saímos para panfletar no Parque Ambiental e no Terminal Central.

Obtivemos os seguintes resultados com o evento:
  1. Visibilidade da causa da "segurança cicloviária" junto à população, à administração pública aos políticos locais
  2. Circulação de matérias na mídia sobre a exagerada exigência de cópia do título de eleitor para projetos de Iniciativa Popular em Ponta Grossa
  3. Inserção de reportagem e vídeo clip na TV Comunitária de Ponta Grossa, onde comentamos sobre os objetivos do Movimento e as dificuldades dos ciclistas em nossa cidade
  4. Contato com a população, especialmente jovens, a respeito da necessidade de uma estrutura cicloviária em Ponta Grossa
Queremos agradecer todos que compareceram e conversaram conosco neste domingo. Abaixo mais algumas fotos do evento:
Público jovem esteve presente

Cláudio (ProCicloviasPG)
colocou ordem na casa

Fátima (ProCicloviasPG)
entrevista para a TV Comunitária

Nosso público mais importante:
moradores do bairro de Uvaranas
Esclarecimento da Fátima
Fila para assinaturas














Nosso mascote sem nome

Nenhum comentário:

Postar um comentário