6 de dez de 2011

Nota à população - Ciclovia de Uvaranas (Av Carlos Cavalcanti)

No dia 13 de maio de 2011 o ProCicloviasPG reuniu-se com o prefeito de Ponta Grossa, o Sr Pedro Wosgrau Filho, e entregou em mãos um documento por nós elaborado. O documento (abaixo) é uma sugestão de projeto para a construção de uma ciclovia do bairro de Uvaranas.

No documento, disponível para download, é possível ver a rota da ciclovia e os locais de interesse que serão atendidos pela mesma. Acreditamos que fizemos tudo que foi possível para chamar a atenção da prefeitura para esta necessidade dos moradores de Ponta Grossa. A não criação da ciclovia neste local privará a população desta importante obra.

Palestra PROEX/UEPG - Viabilizando a Bicicleta como Meio de Transporte Sustentável em Ponta Grossa

Revisitando o tema da Mobilidade Urbana Sustentável - II

Revisitando o tema da Mobilidade Urbana Sustentável

5 de dez de 2011

Comissão da Câmara (Federal) aprova "Estatuto das Ciclovias"

Fonte: Blog Ir e vir de Bike

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou a proposta que cria o Estatuto dos Sistemas Cicloviários (PL nº1346/11). O projeto, de autoria do deputado Lucio Vieira Lima (PMDB-BA), define o papel de cada esfera da administração pública -- Federal, estadual e municipal -- na implementação de infraestrutura urbana para o trânsito de bicicletas.



"O cerco está fechando. Quando isso se tornar lei federal, finalmente poderemos acionar o ministério público para que cobre da prefeitura a construção de estrutura cicloviária em Ponta Grossa."
ProCicloviasPG

4 de dez de 2011

ProCicloviasPG é "+ Energia"

Neste domingo (04/12/11) o ProCicloviasPG participou de mais um “UEPG + Energia – Festival de Saúde” (link atualizado). Neste último evento do ano pudemos conversar com vários apoiadores e pessoas da comunidade em geral que puderam registrar no Abaixo Assinado o desejo de ter uma ciclovia na Av Carlos Cavalcanti. Infelizmente não pudemos atender o desejo de várias crianças que queriam assinar o abaixo assinado (é necessário CPF ou identidade). Várias destas crianças disseram que usam a bicicleta para ir à escola mas falaram que têm medo, e em alguns casos são proibidas de usar a bicicleta pelos pais, pois as ruas são muito perigosas para elas. Será este o mundo que queremos deixar para as gerações futuras?

Nós do ProCicloviasPG, assim como nossos apoiadores, estamos certos que este é o momento para promovermos o debate sobre a ciclovia (e mobilidade em geral) pois as obras do binário de Uvaranas estão iniciando. Apesar do projeto não incluir uma ciclovia, devemos mostrar à prefeitura que a população considera esta obra de fundamental importância para uso seguro desta via por ciclistas e demais usuários (motoristas de automóveis, motocicletas, ônibus, caminhões, etc).

Ainda que pareça óbvio para muitos (exceto talvez para a prefeitura), e comprovado pelas mais de 2000 assinaturas colhidas até agora para o Abaixo Assinado, somente com a mobilização de todos está obra será um dia executada. O que precisa ser entendido por todos é que a população tem o poder de exigir esta obra e é exatamente isso que estamos promovendo com nossas manifestações.

Veja abaixo algumas fotos de hoje na UEPG:
Cloter conversa com Nelson sobre uso da bicicleta na Av Carlos Cavalcanti

Fátima explica o objetivo do abaixo-assinado


Bicicletada - Ciclovia de Uvaranas

Dia 03/12/11 realizamos a bicicletada pela (por nós chamada) Ciclovia de Uvaranas. Na verdade não damos muita importância para o nome que venha a ser dado à ciclovia, DESDE QUE SEJA CONSTRUÍDA.

Por exemplo, a prefeitura poderá chamá-la de:
  • "Ciclovia de Uvaranas"
  • "Ciclovia da Carlos Cavalcanti"
  • "Ciclovia Acesso Leste"
ou mesmo de:
  • Ciclovia "Respeito Aos Que Pagam Impostos"
  • Ciclovia "Chega de Ignorar os Acidentes com Bicicletas"
  • Ciclovia "Compreensão Aos Que Usam a Bicicleta Para Transporte"
  • Ciclovia "Melhoria da Mobilidade"
  • Ciclovia "As Vias Não São Somente Para Os Automóveis"

Qualquer um destes nomes será aceito alegremente pela comunidade. O que importa, novamente, é que A CICLOVIA SEJA CONSTRUÍDA.

Se você tem uma outra sugestão de nome para a ciclovia na Av Carlos Cavalcanti, comente abaixo, envie email ou acesse nosso grupo (ProCiclovias) no facebook. Se você acha que a ciclovia é importante e deve ser construída, deixe sua opinião aqui e no Abaixo Assinado.

Nosso muito obrigado a todos que apoiaram na divulgação e participaram. Também nosso muito obrigado aos cidadãos que se engajaram conosco e assinaram o Abaixo Assinado pela ciclovia. Abaixo as fotos do passeio (são capturas de vídeo, melhores fotos serão adicionadas em breve).


Pedalando na Av. Carlos Cavalcanti

Todos animados
Um trecho tranquilo

Rotatória - grande problema para os ciclistas
Sem nenhuma segurança

Grave conflito com transporte coletivo
Respeito ao semáforo vermelho

Caros parados para virar à esquerda - e o ciclista, vai por onde?
Sem nenhum espaço para pedalar com segurança



27 de nov de 2011

ProCicloviasPG no 3º Triathlon do 13º BIB

Estivemos no '3º Desafio 13º BIB – Cross Triathlon – Proclamação da República', um desafio desportivo organizado dia 27/11/11 pelo 13º BIB na represa dos Alagados. Foram colhidas mais de uma centena de assinaturas para o abaixo assinado pela construção de uma ciclovia (ou ciclofaixa) na Av. Carlos Cavalcanti. O que mais nos impressionou foi a recepção carinhosa e atenciosa de todos que abordamos mostrando os objetivos do Movimento. Não houve uma única pessoa que deixou de manifestar a opinião que uma ciclovia na Carlos Cavalcanti é realmente muito necessária e que este projeto deve ser considerado prioritário pela prefeitura. Então alguém pode nos perguntar: "Vocês estão querendo dizer ao prefeito o que fazer?" Exatamente. Como eleitores, pagantes de impostos e moradores de PG, temos esse direito - e dever!

Para nós do ProCicloviasPG foi uma indicação que nossas reivindicações são coerentes e que a busca de apoio está no caminho certo. Veja as fotos abaixo e que assim você também possa se sentir inspirado(a) a participar dos nossos eventos para mudar Ponta Grossa para melhor.

Queremos agradecer a todos os oficiais e soldados do 13º BIB que nos receberam com entusiasmo e permitiram a livre divulgação das nossas atividades - inclusive uso do microfone e sistema de som para anunciá-las para todos! 

Um grande abraço, e saudações cicloativistas.








26 de nov de 2011

Bicicletada 03/12 - pela ciclovia de Uvaranas

Nossa reivindicação pela ciclovia de Uvaranas continua!

Ainda estamos em tempo. As obras da construção do binário de Uvaranas estão em andamento e consideramos oportuna mais esta manifestação pela melhoria das condições de segurança para todos que utilizam a Carlos Cavalcanti.

Esta via é uma das mais apropriadas para construção de uma ciclovia em Ponta Grossa, seja pelo terreno plano, por atender uma grande população, por ser uma ligação importante entre o centro e indústrias e empresas, acesso ao 13º BIB, campus da UEPG, CESCAGE, saída para vários pontos turísticos além de conectar com a perimetral leste (chamada de "contorno leste"), etc.

Consideramos que a não criação da ciclovia seria uma perda de oportunidade para Ponta Grossa e principalmente para o bairro de Uvarans. Podemos observar o investimento e esforço que a prefeitura faz para atender as necessidades de infra-estrutura de um dos muitos novos loteamentos (que são muitas vezes de iniciativa privada), então consideramos importante que a prefeitura também invista em obras para melhoramento da infra-estrutura já existente.

O ProCicloviasPG já manteve reuniões com o prefeito Pedro Wosgrau Filho e em uma destas oportunidades entregamos uma sugestão de projeto ao prefeito, em mãos, onde detalhamos o trajeto, pontos atendidos e outros detalhes do que consideramos que seria a Ciclovia de Uvaranas. Não sabemos o que o prefeito pensa da nossa sugestão pois nunca ninguém nos deu um retorno. Ainda assim continuaremos com nossas campanhas para avançar a questão da mobilidade e transporte por bicicleta em Ponta Grossa.

Se você quer ver uma ciclovia na Carlos Cavalcanti, venha e marque presença em mais esta bicicletada. Abaixo o cartaz e um link para o PDF. Compartilhe com seus contatos. Acesse também o grupo e a página do "ProCiclovias" no facebook. OCUPE SEU ESPAÇO - senão ele será ocupado por outra pessoa que não pensa como você.

Link para o pdf aqui

20 de nov de 2011

Passeio Ecológico IAPAR - 19/22/11 - Fotos

Mais uma vez estamos felizes em poder colocar as fotos do excelente passeio ciclístico ecológico IAPAR do último sábado.

Este evento foi organizado pelo Grupo de Gestão Ambiental do IAPAR coordenado pelo Roger Milléo, que também é integrante do Movimento ProCicloviasPG. Este foi o último passeio ecológico de 2011 e os próximos irão ocorrer a partir de junho de 2012. Neste passeio os integrantes puderam conhecer os trabalhos desenvolvidos pelo IAPAR implantados nas áreas da trilha. Mais detalhes em matéria a ser veiculada em breve no site do IAPAR - www.iapar.br.

Agora, as fotos:









1 metro e meio -> trânsito seguro para todos!

Fotos - Bicicletada 5/11/11

Amigos,

Abaixo as fotos de mais uma das nossas já tradicionais "bicicletadas" do primeiro sábado de cada mês. Por ser um movimento cicloativista com o objetivo de  promover o uso de bicicleta como transporte, nossas ações são principalmente para conscientização da população sobre seus direitos com relação ao uso da bicicleta nas vias públicas (já que a legislação federal considera a bicicleta como meio de transporte) e cobrança do poder público a instalação de estrutura cicloviária na cidade - bla ... bla... bla... vocês já sabem :)

Bem, adoramos pedalar, mas a maioria de nós não é nem desportista, nem atleta, nem tem tanto tempo assim para pedalar por motivo de família, trabalho, etc. O que queremos e gostamos é de trabalhar pela promoção destas ideias e ideais. Assim agradecemos e na verdade contamos com aproximação de outros grupos que mesmo tendo objetivos, estilos e métodos diferentes, também usam a bicicleta como meio de transporte, lazer, condicionamento físico, esporte, etc. Estemos muito felizes com a participação e apoio de cada vez mais pessoas. Vamos, cooperativamente, trabalhar por esta causa.

Agora, as fotos:






10 de nov de 2011

Pedala, Beto Richa!

Menos de uma semana depois de ser cobrado em praça pública para apoiar a causa das bicicletas, o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), tirou sua magrela da garagem e saiu para pedalar; e, claro, para ser fotografado.

Obviamente, ninguém vai ser tolo de pensar que o governador teve uma súbita revelação e que, a partir de agora, vai deixar seu SUV blindado parado no estacionamento da Granja do Canguiri para ir pedalando todo dia até o Palácio Iguaçu.

Ver mais aqui. (do "Blog Ir e Vir de Bike" - Gazeta do Povo)

6 de nov de 2011

A campanha continua ...

Do blog: Ir e Vir de Bike

Durante a Virada Cultural, governador e prefeito negam apoio a Lei da Bicicleta


A iniciativa do VotoLivre.org está com uma ação de divulgação durante a Virada Cultural, com pontos de coleta de votos. No último sábado (04), os voluntários abordaram o governador Beto Richa (PSDB) e o prefeito Luciano Ducci (PSB), que ouviram os objetivos da proposta mas, na hora H, não quiseram dar seus votos de apoio ao projeto de iniciativa popular.
Segundo eles, o processo de votação -- que leva menos de três minutos --, "demora muito". Ambos ficaram com panfletos da campanha e se comprometeram a "votar em casa" -- o que não teria sido feito até o momento, de acordo com os organizadores do VotoLivre.org.

Veja o vídeo


31 de out de 2011

Manifestação Ciclística 05/11

A próxima Manifestação Ciclística por uma estrutura cicloviária em Ponta Grossa será dia 05/11 às 9:30. Pedimos que todos compareçam na esquina da Av. Vicente Machado e Av. Benjamim Constant - que é a esquina do Parque Ambiental bem em frente ao terminal central.

Várias pessoas nos sugeriram fazer esse pedal de tarde, pois mais pessoas poderiam comparecer. Compreendemos que haveria mais pessoas, mas vamos colocar aqui nossos objetivos com esse pedal:
  1. Mostrar ao maior número de motoristas de automóiveis, ônbus, caminhões e motocicletas que o ciclista tem o direito de usar sua bicicleta nas vias públicas;
  2. Concientizar os ciclistas quanto aos seus direitos e também seus deveres em relação à legislação de trânsito no que se refere ao uso das bicicletas nas vias públicas;
  3. Exigir atenção das autoridades para a situação de perigo que os ciclistas de Ponta Grossa enfrentam nas ruas da nossa cidade;
  4. Manter essa discussão bem acesa na cidade;
  5. Obter divulgação das nossas reivindicações na imprensa.
Assim, para atingir o maior número de pessoas, o melhor horário é mesmo sábado de manhã próximo do horário do almoço quando muitas pessoas se dirigem ao centro da cidade para suas compras e outras atividades.

Vamos OCUPAR nosso lugar no trânsito!
Aguardamos todos lá e saudações cicloviárias. Aqui, o cartaz em PDF.

22 de out de 2011

Pedal Volta Leste - Treino de 1 hora


Rota de bicicleta 1309569 - powered by Bikemap 

- para manter a forma :)

18 de out de 2011

Não tente fazer isso ...

Pedal Noturno

O ProCicloviasPG divulga o Pedal Noturno idealizado por amigos e apoiadores do Movimento. Será nas quintas e terças feiras saindo do Parque Ambiental com concentração às 19:00 e saída às 19:30. Veja o banner abaixo:

"Sobrevivendo na selva motorizada"

Por André Geraldo Soares

O que desejamos, nós leitores dessa revista, é que o mundo seja seguramente ciclável. O mundo, não somente os aglomerados urbanos, não somente este país: quem acha que a bicicleta "é do bem", não deve desejá-la para todos? Seguramente, porque em quase toda estrada, pavimentada ou não, é possível passar com uma bicicleta, mas na maior parte delas essa ação deve ser avaliada em uma escala que vai do "um pouco arriscado" ao "extremamente perigoso".

Essa avaliação leva em consideração a experiência, a destreza e a capacidade física do pedalante; o tipo, a qualidade e a condição mecânica da bicicleta; a quantidade e a velocidade de veículos motorizados e o respeito dos seus condutores; e, é claro, a infraestrutura para a segurança do ciclista adequada às características da via pública.

Resumindo: não se pode insuflar qualquer um a pedalar em qualquer lugar de qualquer modo com qualquer bicicleta... Para ser bem honesto, junto com o desfile dos benefícios do pedalar, o cicloentusiasta precisa passar algumas recomendações para o cicloiniciante. Uma vez que não é difícil vermos cicloveteranos fazendo barbaridades com a magrela, não podemos admitir que somente a quantidade de horas de pedal habilita qualquer um a ser orientador do uso seguro da bicicleta.

Existem vários textos, manuais, panfletos, de diversas qualidades, contendo tais recomendações, por isso não cabe a este artigo elencá-las. Advirta-se apenas que é preciso tomar cuidado com certos materiais, muitos deles oriundos de órgãos de trânsito, que parecem tratar de um imaginário mundo cheio de ciclovias e de faixas de pedestres e que só servem para limpar a consciência dos carrocratas que os escreveram. Por isso o mais acertado é buscar informações com aqueles que pedalam, dentre os quais encontramos, disponíveis na internet, a Escola de Bicicleta e o Vá de Bike. Faça sua pesquisa.

Para chegar inteiro ao destino e ao mesmo tempo sentir prazer ao pedalar é bom escolher uma bicicleta adequada ao seu tamanho e aos seus propósitos, mantê-la em boas condições, dotá-la de uma sinetinha, de refletores e de luzes para o uso noturno; portar um capacete - e quem sabe vestir um par de luvas - para aumentar a sensação de segurança; usar roupas claras e confortáveis, que conferem mais visibilidade e liberdade aos movimentos; e, é claro, escolher as ruas menos movimentadas, pedalar no sentido do tráfego ("pela mão"), estar atento às manobras alheias e sinalizar as próprias.

Preocupar-se consigo próprio é fundamental quando se está no trânsito, mas insuficiente se a intenção é que um dia possamos pedalar mais relaxados. É preciso considerar os aspectos sociais do ato de pedalar para criarmos condições de que mais pessoas possam aproveitar a bicicleta e, com isso, humanizar as relações no trânsito e tornar o ar mais respirável. Pois do jeito que está, todos sabemos, a bicicleta é para poucos.

Em primeiro lugar, conhecer, respeitar e exigir o cumprimento da legislação - os direitos e deveres de todos os veículos em via pública. A bicicleta tem prioridade no trânsito - leia o Código de Trânsito Brasileiro -; portanto, se o Estado não obriga o cumprimento da lei, educada mas firmemente temos que fazer os motoristas compartilharem a via pública com os ciclistas.

Isso se consegue no próprio trânsito, pedalando - para demonstrar que a bicicleta é viável e para atrair mais pessoas para a modalidade -, sempre mantendo atitude responsável e com dignidade em relação aos demais veículos, mas também, sempre que possível - e, não nos iludamos, tem que ser possível -, fora dele. É a organização dos próprios ciclistas que tem introduzido o debate na sociedade, mas o debate ora acumulado ainda está longe de se tornar reforma infraestrutural, programa educativo ou prisão para os criminosos de trânsito. Trata-se, ainda, tão somente, pelo status quo, de uma concessão mínima de direitos. O ordenamento jurídico, a pressão das corporações e o confortável privilégio do indivíduo compõem uma estrutura firme, que não cederá facilmente à formosura e à economia barata da bicicleta.

O trânsito ainda é regido pela lei do mais forte, tal como acontece na selva (sem entrar no mérito do antropocentrismo dessa comparação). Se o que queremos é mais do que competir na selva, não resta outra saída senão comportar-nos como civilizados que dizemos que somos capazes de ser: refletir, dialogar, decidir e agir coletivamente pelo bem comum, usando, para isso, os espaços democráticos disponíveis, mas cientes de que tantos outros espaços - o parlamento, as secretarias de obras e de planejamento etc.- precisam ser democratizados para que a rua seja "des-selvagizada".

Ciclofaixa foi a semente da transformação em Bogotá

Entrevista com ex-prefeito de Bogotá/Colômbia sobre a humanização das cidades e prioridade aos ciclistas e pedestres, concedida durante a visita do mesmo à Ciclofaixa de São Paulo em Dez/09. Reportagem de Renata Falzoni para a ESPN.

15 de out de 2011

Sustentabilidade - Apresentando o VLT

UMA BICICLETA, UM CARRO A MENOS
UMA FERROVIA, UM MILHÃO DE CAMINHÕES A MENOS
UM VLT, MUITOS CARROS E ÔNIBUS A MENOS

Passeio ciclístico 30/10

Passeio ciclístico e caminhada orientada
Data: 30/10 (domingo)
Promoção: 6º Período Faculdade Santana (Curso de Educação Física)

Clique

14 de out de 2011

Ciclovia (nos Estados Unidos) = Ciclovia Recreativa




"Algumas vezes é mais fácil não fazer nada; se você não fizer nada, ninguém reclama - mas eles estão fazendo algo"

Bicicletários

Um pouco de vontade e...

Passeio ciclístico ecológico IAPAR - Primavera 2011

ampliar
O IAPAR convida todos para participar do já tradicional Passeio Ciclístico Ecológico da Primavera a ser realizado na trilha ecológica do IAPAR dia 19/11/2011.

O último evento no IAPAR contou com mais de 70 ciclistas que puderam pedalar na trilha em meio à exuberante beleza da mata natural da nossa região, com o dedicado apoio dos monitores do IAPAR e ProCicloviasPG.

O objetivo do IAPAR é compartilhar esta área natural com ciclistas, famílias e amigos que gostam de pedar junto à natureza. A cada edição o evento ganha mais adeptos e todos saem perguntando da próxima data. Abaixo, uma imagem do cartaz. Clicando neste link você poderá baixar o PDF para imprimir e colocar no seu local de trabalho ou estudo. Veja fotos dos eventos anteriores aqui e aqui. Venha celebrar a natureza e pedalar conosco!


13 de out de 2011

Humor - Terceirização/Globalização

Clique para ampliar
Original

Pato Branco - Bicicleta, mesmo com "topografia desfavorável"

As fotos abaixo mostram um passeio ciclístico promovido pela prefeitura de Pato Branco. As fotos seguintes mostram vários trajetos dentro de Pato Branco e sua topografia, fortemente acidentada. Para comparação, incluímos um mapa de um trajeto proposto para ciclovia em Ponta Grossa, do campus da UEPG em Uvaranas até a Bungue Alimentos próximo ao trevo do Vendrami (entrada sul da cidade).

Não é difícil perceber que o argumento da "topografia desfavorável" não está impedindo a prefeitura de Pato Branco de promover o uso da bicicleta.

Pensamos que este argumento vem sendo constantemente repetido em Ponta Grossa até que a população passe a acreditar nele. Como disse um certo propagandista durante a segunda guerra "uma mentira repetida milhares de vezes, torna-se uma verdade".

Vamos rejeitar esse argumento. Ponta Grossa tem potencial para ciclovias. É uma questão do poder público parar de evitar o assunto e mostrar um pouco de vontade em atender as reivindicações da população e aumentar a segurança para nossos ciclistas.

Agora, as fotos.



Observe a declividade desta rua



Observe a declividade desta rua

Observe a declividade desta rua







Agora observe os mapas abaixo com vários trajetos cortanto a cidade de Pato Branco. Observe que Pato Branco é uma cidade de relevo muito acidentado, como Ponta Grossa.

Observe no quadro a grande declividade do trajeto - link

Observar a declividade no quadro - link

Observar a declividade no quadro - link

Agora um mapa, com relevo, da proposta de trajeto de uma ciclovia do campus da UEPG (Jardim Paraíso) em Uvaranas até a Bungue Alimentos no Vendrami, passando pelas seguintes ruas: Saída Jardim Paraíso, Av Carlos Cavalcanti, Av Bispo Dom Geraldo Pelanda, Parque Ambiental, R Benjamim Constant, Av Silva Jardim, Av dos Vereadores, Linha Férrea desativada até a Bungue Alimentos. Observe que o trajeto é muito plano porque segue o leito da antiga linha férrea praticamente em toda sua extensão de 12km.

Observe a extensão de 12km - link
A conclusão é que em Pato Branco a prefeitura resolveu estimular o uso de bicicleta, apesar do terreno acidentado. A população parece que não vê nisso um problema e levou suas bicicletas para as ruas.