17 de jul de 2012

Mobilidade sustentável é perspectiva



Exemplo de integração entre o antigo e o novo
em um sistema de integração multimodal
"Novos produtos e tendências chegam com a velocidade da internet. É com esta mesma velocidade que compartilhamos também os problemas globais. Marolinha ou não, sofremos as consequências da crise econômica global, da alta do petróleo, da mudança climática, etc.

O homem não está mais sentado no topo da pirâmide com os reinos animais, vegetais e minerais à sua disposição – este é um pensamento do século 19 que não funciona mais. O homem agora é uma das partes de um meio ambiente complexo que ainda não entendemos completamente.

Naturalmente, nossas cidades são o reflexo de como entendemos a posição do homem na natureza. Para aqueles que ainda se sentem no topo da pirâmide – onde arrogância impera – a cidade é feita para os carros, não para as pessoas.

É necessário uma revisão da nossa relação com a natureza e do papel das nossas cidades. Muitos problemas serão eliminados, na verdade nem surgirão, quando as cidades forem projetadas para seus habitantes, pobres ou ricos, deficientes ou “normais”, pedestres ou motoristas. Em especial, o transporte público deverá oferecer qualidade para ser uma opção real para os que hoje usam o carro. Mobilidade urbana sustentável é uma maneira mais humana e inteligente de planejar a cidade, oferecendo a todos uma experiência segura, contínua e de qualidade no transporte, nas ruas, nas praças, nos serviços públicos – onde quer que a pessoa se encontre.

Cloter Migliorini Filho
http://prociclovias.blogspot.com.br/"

Artigo do ProCiclovias veiculado no Jornal da Manhã, dia 20/05/2012

Um comentário:

  1. Olá,

    apenas gostaria de saber a que cidade corresponde
    a foto que ilustra esse post (Mobilidade sustentável é perspectiva). Apenas dá pra identificar o nome da estação.

    Muito obrigado.

    ResponderExcluir