22 de set de 2011

Trânsito, mobilidade urbana e o Plano Diretor

Crédito: Portal Comunitário de PG
O Plano Diretor, ou a ausência do mesmo, não poderá será esquecido.

O ProCicloviasPG apoia o movimento pelo Dia Mundial sem Carro, 22 de setembro, e pede a você que pense sério sobre o assunto. Com cada vez mais carros nas (mesmas) ruas, está cada vez mais difícil para todos. O Movimento ProCicloiviasPG irá lembrar ao poder público e às entidades que representam os interesses locais para que todos percebam que a situação do trânsito e da mobilidade urbana irão melhorar somente quando o Plano Diretor for levado a sério e as soluções difíceis forem implementadas. Sem planejamento continuaremos implementando apenas soluções pontuais e superficiais, e empurraremos os problemas sérios para as gerações (ou mandatos) futuras - como temos feito até agora.

Banner do ProCicloviasPG
Hoje fala-se muito em administrar uma cidade como uma empresa. Em princípio essa afirmação é absurda pois de acordo com a Constituição Federal, nossa lei maior, o estado tem certas obrigações que exigem investimento a fundo perdido e outras que não podem absolutamente visar lucro. Porém, aqueles que ainda desejam administrar a cidade como uma empresa, irão certamente concordar que para administrar uma empresa ou uma cidade deverá haver uma forte dose de planejamento, acompanhamento e controle de resultados. E planejamento, acompanhamento e controle de resultados são os principais objetivos do Plano Diretor de uma cidade.

Então porque é que aqui em nossa cidade nenhum governo foi capaz de implantar o Plano Diretor? Já se fez esta pergunta? Sem que esta pergunta seja respondida com honestidade não há nenhuma esperança que o problema da mobilidade seja solucionado.

De fato, as respostas para o problema da mobilidade urbana somente serão encontradas quando o Plano Diretor for levado a sério.

Nenhum comentário:

Postar um comentário